sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

O NASCIMENTO DE JESUS, UM CORDEL SOBRE O NATAL

O Mundo sem o Natal.




Imagine como seria o mundo sem o Natal...
O mês de dezembro sem presentes, sem enfeites, sem jantares em família...
Sem O aniversário e sem o antes e o depois de Cristo.
Não haveria Páscoa, pois o Messias não ressuscitaria.
Então o ser humano estaria perdido: sem redenção e sem o perdão do Salvador.
Que mundo seria esse, meu Deus!!
Os pequeninos ainda seriam desprezados.
Pais contra filhos e filhos contra pais.
As pessoas estariam mentindo, roubando, matando...


Então...
O Natal tem que chegar ainda em muitos lugares.
“Mas, quando chegou o tempo certo, Deus enviou o seu próprio Filho, que veio como filho de mãe humana e viveu debaixo da lei.”
Gálatas 4:4 (NTLH)
O Noel tem que dar lugar a Jesus.
Saia velhinho, venha menino.
Morre velha natureza, vem homem novo.
Que venha o Natal!
Nasce menino Deus!
Vem presente Redentor!
Vem iluminar, enfeitar, ceiar e morar bem dentro dos nossos corações.
Não quero nem pensar no mundo sem o Natal.


Alexandra Guerra.

Comemoramos o Natal porque:


“Deus nos amou e mandou seu filho, para que, por meio dele, os nossos pecados fossem perdoados.”
I João 4:10.

quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

É NATAL ...




Natal:
sentimento que,
enchendo o abismo do universo,
cabe com seu esplendor,
No olhar de uma criança,
no cálice de uma flor,
Esse Jesus imortal, único, bom e clemente,
de quem sou o mais humilde crente.

Mártir que fez com seu olhar sublime,
o luar do perdão para a noite do crime,
abriu com a luz da bem-aventurança,

Jesus...

Deus menino homem que está,
Como um farol da glória,
No cume da montanha escavada da história,
contemplando o infinito,
iluminando a terra.

Essa luz que a flor da alma humana encerra,
É de quem sofre,
é de quem geme,
é de quem chora,
É de todos que vão pela existência afora,
Tristes (santo, herói, escravo ou proscrito),
os pés calcando o lodo...
os olhos voltados para o infinito.

O Natal está nos olhos das crianças,
em suas mãozinhas delicadas,
que revelam sempre novas surpresas.
O Natal está em suas faces alegres e
em tudo o que dizem.

"Senhor, que neste Natal, milhares e milhares
de pessoas possam encontrar-se com Jesus,
a razão do Natal, a vida verdadeira,
assumindo com ele um compromisso de vida.
Que as festas e os presentes não nublem
as mentes, mas que todos possam
se deixar levar por essa "Canção de Amor":

Jesus!

"Porque o nosso Deus é misericordioso
e bondoso. Ele fará brilhar sobre nós
a sua luz e do céu iluminará todos os que
vivem na escuridão da sombra da morte,
para guiar os nossos passos no caminho da paz".
Desejo que você tenha um Natal cheio de luz e paz junto ao menino Jesus.



Feliz Natal!

O Holy Night - Celtic Woman

Ding Dong Merrily On High - Celtic Woman

sábado, 6 de novembro de 2010

DIA DA CONSCIÊNCIA NEGRA - 20 DE NOVEMBRO




Missão de ser livre


Na consciência, um sonho...

Um sonho de liberdade...

Um sonho, quem dera, fosse verdade...

Mas é dura a realidade

Ah!!! Utópica sociedade!



Muitos agrilhoados pelo ódio

Mutilados na alma

Desconhecem o amor

Proferem com os lábios que não há preconceito,

Que não há desrespeito

Que não há segregação.

Ah!!!! Enganosa sociedade!



Liberdade... Liberdade...

Abra as asas sobre nós!

Zumbi sonhou com uma sociedade

Respeitando-se um povo oprimido.

Ousou abrir suas asas,

Com toda sua força, lutou

Com muita determinação libertou.

Mas... um dia... sua voz se calou

Pelo grilhão do ódio de a inveja.

A história resgata neste ato,

Seu brado de luta pela liberdade,

Pela desigualdade

Pela diversidade.



Embora...

Tantas raças

Quer branca, amarela, ou negra

Esteja ainda com a alma presa

Necessitando de um resgate.

Deus enviou seu filho – Jesus.

Deixou-nos seu legado, de amor, amor, amor e de serviço.

Mas para que acontecesse isso.

Um alto preço ele pagou.

A verdadeira liberdade está em Cristo.

Liberdade que não pode ser roubada,

Liberdade que muitos não conseguem enxergar...

Basta, porém seus olhos fechar

Contemplar dentro de si a alma encarcerada

E clamar a Ele por libertação...

Pois... se o Filho vos libertar,

Verdadeiramente sereis livres.

Jesus veio... e cumpriu sua missão




Autora: Lina

Aurelina Silveira Ramos

O Halloween – Saiba o que a Bíblia nos ensina…





Olá Crianças, tudo bem? Que a paz do Senhor seja com vocês!

Hoje quero falar sobre uma festa que não acho legal. É o Halloween. Vou explicar o motivo…
A festa do Halloween, chamada de Dia das bruxas, já existe há muito tempo, e na verdade, não faz parte da cultura do nosso Brasil. Mas não é só isso…

As pessoas dizem que essa festa, comemorada em alguns países no dia 31 de outubro, chamada “Dia das bruxas” ou até das almas de pessoas que já morreram… ahhh que horror, não gosto disso. Outro exemplo, são umas carinhas que fazem na abóbora parecendo um bicho estranho. Confesso que gosto muito de abóbora, mas na minha comidinha… hum… me deu até fome!

Lá no site Crianças Diante do Trono tem um texto muito bacana explicando tudinho sobre o Halloween. Para ler o texto clique aqui.

Só que a bíblia nos diz “Cada pessoa tem de morrer uma só vez e depois ser julgada por Deus” (Hebreus 9.27) Então… não é possível fazer festa para pessoas mortas. Concorda?
Precisamos entender que a única pessoa que ressucitou entre os mortos e vive é JESUS! Ele venceu a morte e a dor, e hoje vive ao lado de Deus. Aleluia!

Amiguinhos outra coisa que acho importante é entendermos que a Bíblia, o livro escrito por homens inspirados por Deus, condena a feitiçaria. Veja só “Ficam fora os cães, os que praticam feitiçaria, os que cometem imoralidades sexuais, os assassinos, os idólatras e todos os que amam e praticam a mentira” (Apocalipse 22.15). Viu como isso é sério?

A Bíblia nos conta uma história bem interessante no livro de Neemias (está na Bíblia em Neemias 8). Naquela época, quando Neemias ajudou na reconstrução das muralhas de Jerusalém, o povo de Israel voltou a prática de um costume muito interessante. Era a Festa dos Tabernáculos, ou seja, a Festa das barracas. Sabe o que ela significava? Naquela época do ano (também seria o mês de outubro) o povo de Israel estava em tempo de colheita.

Deus ordenou que todos construíssem cabanas (barracas) para ficarem nela por sete dias, que era o tempo de duração da Festa do Tabernáculo. Isso tudo era para fazer o povo se lembrar do tempo em que os israelitas passaram no deserto, quando fugiam do Egito para a terra prometida, e que Deus os sustentou com roupas e alimento todos os dias (Você conhece a história do povo de Israel que fugiu do Egito? Não? Então precisa conhecer. Ela é linda!).

Acho muito mais legal que nós, crianças, possamos conhecer o que a Bíblia nos diz a respeito de todas as coisas que andam ensinando por aí. Meu conselho de amigo é que você sempre ore e busque em Deus o significado das coisas. Não saia por aí comemorando qualquer coisa. E claro, peça ajuda aos seus país, e aos seus líderes na igreja.

Deus abençoe.
Abração,

L-Byte

sexta-feira, 27 de agosto de 2010

DICAS PARA TER FILHOS FELIZES E AMOROSOS...




Não existe tradução mais precisa para a palavra amor do que a relação entre mãe e filhos. Alguma dúvida? Pergunte a qualquer mulher se há amor mais forte do que o da mãe por seu pequeno.

Mas é na própria intensidade desse amor que reside o principal conflito das mães modernas: a inevitável culpa por terem de se afastar dos seus filhotes por causa do trabalho. Aí está também a origem do problema mais comum na educação das crianças e adolescentes nas últimas décadas: a falta de limites, fruto da tentativa das mães de compensar a ausência fazendo as vontades dos pequenos. O resultado são filhos rebeldes e brigas frequentes.

A atriz Flávia Alessandra, de 32 anos, sabe o que é ter de se dividir entre as gravações das novelas e a atenção requisitada pela filha, Giulia. ''Para mim, a solução foi levar a sério a qualidade do tempo que temos juntas'', afirma. ''Ajudo nas pesquisas da escola, andamos de bicicleta, damos banho no cachorro. À noite, ela prepara uma pizza e eu sou a ajudante'', enumera. A atriz também procura fazer-se presente no dia-a-dia da filha. ''Um dia, levei do Projac uma lagarta para ela mostrar na escola quando estava estudando a metamorfose. Foi um sucesso!''

A atriz estimula o carinho da filha antecipando-se nas manifestações de afeto. ''A atitude dos filhos é um reflexo da nossa. Quando a Jujuba chega cansada da escola, faço uma massagem nela. Dia desses, cheguei do trabalho exausta. Então, ela disse que ia me fazer uma 'supermassagem!' '', recorda. ''Amor é isso!''




Ame a sua mãe para ser amada por seus filhos


O tratamento que você dá aos seus pais é o referencial para seus filhos sobre como devem tratar você quando forem adultos. Por isso, dê o exemplo:

. Mesmo casada, não se esqueça dos seus pais, para não ser esquecida por seus filhos quando eles constituírem a família deles.

. Perdoe. Não deixe que as brigas impeçam você de gozar da cumplicidade e do amor infinito da sua mãe. Aceite as limitações dela e evite discussões desnecessárias.

. Cuide. Os anos invertem a relação de dependência entre filhos e pais. Tenha paciência com os atritos que vêm com a idade.


Regule a TV

No Brasil, as crianças passam em média seis horas diárias na frente da TV, uma companhia que tem influência direta na formação deles. TV em excesso gera isolamento e a programação inadequada pode transmitir valores incorretos. Saiba como inverter essa equação:

. Uma boa medida para calcular o tempo de exposição à telinha é comparar o número de horas que a criança passa diante da TV e o tempo que passa com você.

. Avalie: os programas que você e seu filho vêem trazem informações interessantes para seu filho?

. Proporcione alternativas. Passeios, circo, livros infantis, brincadeiras, esportes e conversas são opções para deixar seus filhos menos dependentes da telinha.


Façam as refeições juntos

A correria do dia-a-dia deixa pouco tempo para os almoços em família, fundamentais para a união familiar. Entenda por quê:

. As refeições à mesa são o espaço ideal para o diálogo, permitindo aos pais aproximar-se dos filhos sem parecer indiscretos.

. Da mesma forma, é mais fácil para os filhos se abrir nesses momentos do que se tivessem de procurar os pais para se aconselhar..,

. Os almoços de domingo reforçam a identidade da família. Eles promovem um encontro de gerações, colocando os mais jovens em contato com o carinho e os ensinamentos dos avós, inculcando neles o respeito e a tolerância aos mais velhos e o amor à família.


Imponha limites

Ao contrário do que muitas mães pensam, a atitude permissiva não reforça os vínculos com os filhos.

. Uma pesquisa norte-americana com 1.000 crianças e adolescentes revelou que só 10% deles desejavam passar mais tempo com suas mães. Porém, 65% reclamavam que elas não sabiam o que se passava na vida deles. Conclusão: mais do que a quantidade de tempo dedicado a eles, os filhos sentem falta de atenção real por parte dos pais. ''Não adianta preparar um café caprichado, e não ouvir o que seu filho tem a dizer'', diz a coordenadora do estudo, Ellen Galinsky.

. Muitas das travessuras das crianças ou desfeitas dos adolescentes têm como objetivo chamar a atenção dos pais. Por isso, a mensagem que fica após uma bronca ou castigo é: ''Minha mãe se importa comigo''.

. A atriz Flávia Alessandra não abre mão das broncas quando necessário. ''Minha estratégia é o castigo da subtração: se a Giulia errou, tiro a boneca que ela mais gosta, por exemplo'', diz ela.


MAIS 6 DICAS PARA CRIAR FILHOS AMOROSOS...
por Vanessa Vieira

Demonstre amor

Deixe seus filhos saberem o quanto você os ama. Você pode fazer isso de várias formas:

. Abrace e beije. O abraço apertado quando seu filho volta da escola e o beijo antes de dormir fazem toda a diferença. Se o seu filho evita o contato físico, tome você a iniciativa de abraçá-lo, mesmo que ele resista inicialmente.

. Surpreenda com bilhetinhos no caderno ou na lancheira. Deixe uma cartinha com uma declaração de amor no quarto do seu filho ou filha adolescente.

. Elogie. Valorize as qualidades e acertos do seu filho. Saber que você o admira faz com que ele se sinta seguro e amado.


Abra espaço para a sinceridade

Pais muito rígidos acabam estimulando as mentiras por fazer com que os filhos temam assumir seus erros.

. Se o seu filho vier contar que fez algo que você condena, não repreenda antes de escutar nem dê um castigo desproporcional. Se ele está arrependido, tem que arcar com as conseqüências de seu ato, não com agressões.

. Ao castigar, critique o erro de seu filho (ter deixado de arrumar o quarto) e não a pessoa dele (chamá-lo de irresponsável, sujo). Não insulte seu filho em sua auto-estima.


Ajude no dever

Controlar os cadernos demonstra para a criança que a mãe se preocupa com o que se passa com ela no ambiente escolar, com suas vitórias e derrotas. Esse hábito também permite a você saber como anda a vida pessoal dos seus filhos e a manter-se presente na vida deles.

. A queda no desempenho escolar pode ser um indicador de outros problemas, psicológicos e afetivos. Fique atenta.

. A escola é o principal ambiente social em que seu filho circula. Dar suporte para os trabalhos em grupo na sua casa permite conhecer os amigos da criança ou adolescente e saber como ele se sai nos relacionamentos pessoais.


Combata o consumismo

Não conceda tudo o que seu filho pedir. Do contrário, ele pode não perceber nem valorizar o esforço que você faz para presenteá-lo. Acredite: perceber que você precisou batalhar para dar o que ele necessitava só vai aumentar a admiração e a gratidão de seu filho por você.

. Conscientize seus filhos sobre o valor do dinheiro. ''Na minha casa, cada filho tem um cofrinho. Assim, eles vão aprendendo sobre a necessidade de poupar para conseguir comprar o que quiserem'', diz a jornalista Fátima Bernardes.

. Concentre os presentes às datas do Natal e do aniversário. Assim, você incentiva os pequenos a fazer por merecer o que pedem.


Respeite o pai de seus filhos

Valorize as qualidades do pai de seus filhos, mesmo que esteja separada. Ao notar que você despreza o pai dela, a criança pode se sentir menos amada.

. Deixe o pai participar da rotina da criança, e não apenas arcar com as despesas. Isso faz seu filho sentir que é importante para o pai e fortalece sua auto-estima.

. Os pais devem estabelecer normas comuns para a educação das crianças. Quando o pai e a mãe não entram em acordo, o filho tende a aproximar-se de quem mais lhe convenha em cada situação, podendo tornar-se manipulador.

. Mandar seu filho para a casa do ex a cada sinal de problemas dá a sensação de que você não se importa de verdade com ele.


Não se afaste durante a adolescência

A busca por identidade própria pode afastar mãe e filhos durante a adolescência. Mas você pode diminuir esse abismo:

. A adolescência é uma fase de hipersensibilidade. Por isso, evite frases como ''Eu te avisei'' e ''Eu sabia!'' quando seu filho quiser conversar. Você faz o adolescente se sentir ridículo e fecha as portas para o diálogo.

. Construa a ponte. Os jovens se isolam quando estão sofrendo. Quando ele se fechar no quarto, leve um lanche na bandeja e crie a oportunidade para uma conversa. Ou simplesmente dê um abraço, sem fazer mais perguntas. Essa atitude demonstra que você percebe a dor dele e está disponível se ele precisar de você.

Fonte: www.mdemulher.abril.com.br

Foto: getty imagem




RELÓGIO DA ORAÇÃO



MENSAGENS PARA O CULTO INFANTIL



1.O QUE IMPEDE A SUA COMUNHÃO COM DEUS ?

( Autor:Pastor Xavier)

TEXTO:JOÃO 7.38
Objetivo Geral: Consagração, Serviço
Material necessário: Um bambu com alguns galhos,eo nós quebrados anteriormente,com exceção de um, que deverá ser quebrado na hora da mensagem.Uma jarra com água,alguns copos de plástico e um balde.



Mensagem:Vocês conhecem a história do bambu?Então vou lhes contar:Havia um bambu que queria ser usado para alguma coisa útil.Não queria ficar lá plantado balançando de um lado para o outro.Ele viu que do outro lado da estrada havia uma pequena fonte d'água e as pessoas passavam perto dela com muita sede,mas não conseguiam alcançá-la.O bambu então disse -"Puxa, eu poderia ajudar aquelas pessoas, trazendo a água para perto delas e assim elas teriam suas necessidades satisfeitas." Então, um lenhador chegou e o tirou de onde ele estava e o levou até aquela fonte. Aí a água começou a correr atrvés dele (pedir a ajuda de duas crianças ou um adulto e uma criança. Deixe o adulto levantar o bambu e a criança segurá-lo na outra ponta. Coloque um pouco da água da jarra, mas a água não passa).
o que está acontecendo? Qual é o problema? O problema estava na água? Não, o problema é que dentro do bambu havia uma parte dura, o nó do bambu,que não deixava a água passar, algo que ele tinha desde nascença.desde que ele havia nascido.Era alguma coisa que sempre estivera com ele.(Talvez o pregador queira falar do pecado original. O fato de que todos nós nascemos pecadores,com esta parte "dura" em nós). Aquele nó precisava ser quebrado.(neste momento o nó deve se quebrado,furado,usando-se um objeto duro como um cabo de vassoura ou uma chave de fenda por exemplo).
Ah, quando aquele nó foi quebrado doeu bastante. Mas aquilo precisou acontecer, caso contrário, a água não poderia correr através dele, e ele não poderia ajudar as pessoas.
Vamos tentar de novo. (Jogar a água e deixa-lá cair no balde na parte em que a criança está segurando). Viram, agora a água pode fluir livremente. o que nós podemos aprender com esta lição? Que Deus deseja nos usar,mas existem partes duras na gente que impedem que Deus atue atrvés de nós. Nós todos podemos ser instrumentos de Deus para ajudar as pessoas. Por isso precisamos estar ligados à fonte, ou seja a Deus. Mas, se há defeitos e problemas em nós, eles precisam ser quebrados.Quer exemplos do que pode fazer com que Deus não atue em nossas vidas ? O egoismo, coração endurecido,teimosia,nariz empinado, ou orgulho etc... todas estas coisas impedem que a água corra livremente. Isso impede que Deus atue através de nossas vidas. Você deseja que Jesus faça isto hoje na sua vida?

(já contei está história no culto infantil,as crianças amaram,levei o bambu.balde,jarra e o copo,foi uma disputa no final para ficar com o bambu.)

Caixinhas decoradas







Lembrancinhas para as professoras da E.B.D.




Envelopes decorados





SUGESTÃO PARA OS ALUNOS DA EBD GUARDAREM SUAS REVISTAS

Bagagem da Vida




À medida em que os anos vão passando, a bagagem vai aumentando... Porque existem muitas coisas que você recolhe pelo caminho, coisas que você pensa que são importantes.
A um determinado ponto do caminho começa a ficar insuportável. Carregar tantas coisas, pesa demais... Então você pode escolher: Ficar sentado à beira do caminho, esperando que alguém o ajude, o que é difícil, pois todos que passarem por ali já terão sua própria bagagem. Você pode ficar a vida inteira esperando, até que seus dias acabem. Ou pode aliviar o peso, esvaziar a mala.
Mas, o que tirar? Você começa tirando tudo para fora. Veja o que tem dentro: Amor, amizade... Nossa! Tem bastante. Curioso, não pesa nada. Tem algo pesado. Você faz força para tirar... Era a raiva - como ela pesa!
Aí você começa a tirar, tirar e aparecem a incompreensão, o medo, o pessimismo. Nesse momento, o desânimo quase te puxa pra dentro da mala. Mas você puxa-o para fora com toda a força, e no fundo aparece um sorriso, sufocado no fundo da bagagem. Pula para fora outro sorriso e mais outro, e aí sai a felicidade. Então você coloca as mãos dentro da mala de novo e tira pra fora a tristeza.
Agora, você vai ter que procurar a paciência dentro da mala, pois vai precisar bastante. Procure então o resto: a força, esperança, coragem, entusiasmo, equilíbrio, responsabilidade, tolerância e o bom e velho humor. Tire a preocupação também. Deixe-a de lado, depois você pensa o que fazer com ela.
Bem, sua bagagem está pronta para ser arrumada de novo.
Mas, pense bem o que vai colocar lá dentro de novo, hein?

Agora é com você!

Deus preferiu contar comigo



"Só Deus pode criar, mas eu posso


valorizar o que Ele criou.


Só Deus pode dar vida, mas eu posso


transmiti-la e respeitá-la.


Só Deus pode dar fé, mas eu posso


dar meu testemunho.


Só Deus pode dar paz, mas eu posso


semear união.


Só Deus pode dar força, mas eu posso


apoiar a quem desanimou.


Só Deus pode infundir esperança,


mas eu posso restituir a


confiança a um irmão.


Só Deus pode dar alegria, mas eu


posso sorrir a todos.


Só Deus é o caminho, mas eu


posso indicá-lo aos outros.


Só Deus é a luz, mas eu posso


fazê-la brilhar no mundo.


Só Deus pode fazer o impossível,


mas eu sempre posso fazer o possível.


Só Deus pode fazer milagres,


mas eu posso fazer sacrifícios.


Só Deus basta a Si mesmo,


mas Ele preferiu contar Comigo


Autor desconhecido

Para relizar muitos teatrinhos na EBD !



Baú criativo





segunda-feira, 16 de agosto de 2010

Impacto realizado em prol da valorização da EBD e de incentivo a semeadura na Infância



Foi uma noite abençoada, espalhamos Cartazes com frases chamativas, e fizemos um mural com as fotos das crianças. Também fizemos uma enquete chamando a atenção dos pais quanto a criação dos seus filhos. Tivemos um culto com músicas infantis, com a participação das crianças. Levei a palavra, confesso que não foi fácil, mas preguei na parábola do semeador e ao final passei um vídeo incentivando os pais a serem exemplos para seus filhos. Entregamos uma lembrancinha com sementes e oferecemos um chá no final. PENA QUE MINHA MÁQUINA DESCARREGOU E NÃO PUDE REGISTRAR ESTE CULTO, MAS ESTE FOI O PRIMEIRO DE MUITOS.

OBRIGADO SENHOR E O MEU DESEJO É QUE OS PAIS SEMEEM A BOA SEMENTE NA VIDA DOS SEUS FILHOS.

PAINEL COM FOTOS DOS PAIS

Festa tem que ter comes e bebes





MESA FARTA E MUITA ALEGRIA!

Apresentações no Dia dos Pais



Peça teatral Meu pai robô




Bianca cantando a música Papai eu amo você

Lembrança Dia dos Pais

FESTA DIA DOS PAIS

Dia dos Pais - Peça Teatral- MEU PAI ROBÔ



MEU PAI ROBÔ

FIGURA 1
O professor que não teve pai, projetou durante anos um pai para ele, criando o pai robô.
-Nossa! Estou ansiosa para ver o pai robô do professor.
-Eu também, ele falou tanto desde o início do ano que não vejo a hora.
- Bom dia crianças!!! – Disse o professor
-Bom dia professor!!!
-Chegou o grande dia, hoje vocês conhecerão uma pessoa muito especial…tcham, tcham, tcham, tcham….aí está, o melhor pai do mundo, o meu papai, e ele pode tudo. –disse entusiasmado o professor.
-Oh!!! -disseram as crianças assombradas.
-E o que ele sabe fazer professor?
-Ele tem uma programação que permite muitas coisas, ele assiste TV comigo, me ajuda a lavar a louça, vejam que maravilha, tenho um pai que estará sempre comigo aonde eu for. Muito bem, vocês que tem um pai me digam o que ele deve fazer?

FIGURA 2
Os alunos levantavam a mão gritando: Eu, eu, eu ….
-Você Daniel o que gostaria de vê-lo fazer? –Perguntou o professor com ar de orgulho.
-Ele deve ajudar a arrumar a casa, tirar o pó por exemplo.
-Ok! Ok! Vamos lá. O professor programa o robô e o robô tira o pó da sala e as crianças vibram!

FIGURA 3
- Viram? O que mais, o que mais? Pode falar Ester!
- Ele tem que ser bom e dar abraços. –Respondeu Ester
-Venha cá Ester! -disse o professor- Vamos lá…( programa o robô ) …prontinho.
O robô dá um abraço muito apertado e desengonçado em Ester.
- ai..ai..ele tá me apertando!
O professor a ajuda.
-Mais alguns ajustes e este abraço ficará bom. –disse o professor

FIGURA 4
E o que mais ele tem que saber fazer? -desafia o professor
-Ele tem que ser engraçado, meu pai é engraçado… -disse Bia
O professor programa o robô e o robô faz malabarismo e palhaçadas e as crianças riem”.
- É melhorou, está começando a se parecer com um pai. -dizem os alunos empolgados.

FIGURA 5
-Viram como ele é perfeito? Nunca mais ficarei sem a companhia de um pai! Ele pode tudo. O que mais? O que mais? –falava o professor desafiando os alunos.
-Deve ajudar com os deveres da escola. –disse João
-Deve comprar muitos presentes… –disse Melisa
- Deve saber contar divertidas histórias… –disse Rafael
-E deve gostar de rir, ele deve ser sempre alegre … –disse Sofia.
O professor corre e programa o robô que cumpre todas as tarefas à perfeição.

Figura 6
-Algum outro desafio? Pergunta audacioso o professor.
- Um bom pai tem que saber orar -disse Cíntia desde o fundo da sala com voz firme.
-Orar ? –pergunta o professor intrigado.
-Sim, ele deve saber orar! Orar é falar com Deus, nosso Pai maior, ele pode todas as coisas. É importante um pai saber orar. Sabe professor? Quando a minha mãe ficou grávida, no ultra-som dos primeiros meses aparecia o feto com serias malformações ósseas. Os médicos disseram que eu nasceria deforme e que nem mesmo caminharia. Mas meu pai, cheio de fé, começou a orar e jejuar e a declarar a minha cura. Ele colocava a mão na barriga da minha mãe e orava todos os dias, ele nem mesmo quis fazer outros exames, ele creu de todo coração que Deus tinha me curado. E no dia do nascimento todos ficaram chocados, eu nasci perfeita, EU SOU PERFEITA. Todos ficaram espantados menos o meu pai, porque ele sabia que Deus já o tinha ouvido. Meu pai ora pelo emprego, pela nossa saúde, pelas finanças, pela família, ele ora por todas as necessidades! Sem dúvidas professor, o que um pai tem que saber fazer para ter uma família abençoada é orar, como o meu papai!
O professor estava visivelmente abalado, toda a sala estava de olhos marejados e alguns até lacrimejavam. O professor rompeu o silencio dizendo:
-Meu pai robô não foi programado para orar, e acho que nem se o programasse conseguiria, porque ele nunca poderá ter o amor nem a fé de um verdadeiro pai!
A campainha tocou e as crianças desinteressadas pelo robô que não poderia orar foram saindo e comentando.
-Vamos pedir pro nosso papai ir à igreja da Cíntia, queremos que eles também orem como o papai dela!

Figura 7
O professor e Cíntia ficaram na sala do lado do robô se olhando
-O senhor está decepcionado professor ?
-É que finalmente eu achei que ia ter um pai…-disse com tristeza.
-Mas professor, você pode ter um pai, Deus pode ser o seu Pai.
-Mas como isso é possível? Eu já sou grande e sou muito atrapalhado, Deus não vai querer ser o meu pai?
-Deus o ama e aceita o senhor, do jeito que o senhor é. Vamos até o meu pai que ele vai lhe mostrar o caminho até o pai maior.
-Então vamos agora mesmo , quero conhecer este pai que realmente pode tudo.
O professor cobre o robô e vai com Cíntia.
Depois de ouvir o pai de Cíntia, o professor quis receber Jesus no seu coração e de joelhos por primeira vez na sua vida sentiu os braços do amoroso Pai Deus o envolver. Agora, o professor tinha achado o que tanto buscava, UM PAI AMOROSO.
Cíntia piscou para o pai em cumplicidade. Porque o que o professor não sabia era que Cíntia e o seu pai viam orando pelo professor desde o começo do ano!
Cíntia estava muito orgulhosa do seu papai, um homem de oração e fé.

terça-feira, 20 de julho de 2010

Com ser mais criativa



Mães são semeadoras de raízes!




Ciclo do semeador de raízes

Concebe no desejo
Fecunda no útero
Semeia na infância
Cultiva, aduba...Brota.
Germina na adolescência
Floresce na juventude
Frutifica na plenitude
Ceifa, Colhe - parece que morre
Alimenta, nutre
Fortalece
Reinicia o ciclo
Concebe, fecunda e nasce de novo...
Reinicia o ciclo do semeador de raízes.
Palavras são sementes que dançam para você.
Se vão germinar e enraizar... Isso, é com você.
Quanto a mim, que sou educadora, semeio raízes.

"A terra por si mesma frutifica: primeiro a erva, depois, a espiga, e, por fim, o grão cheio na espiga. E quando o fruto já está maduro, logo se lhe mete a foice, porque é chegada a ceifa." Marcos 4:28, 29.

Congresso Nacional para Educadores Cristãos:



O maior investimento que podemos fazer é em vidas, e a melhor fase para se investir é na infância.



Disse Jesus:
"Cuidado para não desprezarem um só destes pequeninos! Pois eu lhes digo que os anjos deles nos céus estão sempre vendo a face de meu Pai celeste.”
Mateus 18:10.